(Texto e foto: Professor Tom)

Neste dia 19 de janeiro de 2017 Escada ficou mais pobre culturalmente. Perdemos um dos nossos maiores símbolos de fé, conhecimento e sabedoria popular: Dona Biu Romeira.

Questionada por muitos – principalmente por aqueles que não reconhecem a sabedoria e a crença de um povo –, ela foi amada por quem conhecia seu sorriso e o seu coração.

Pela casa onde passara grande parte de sua vida, os sinais de fé ainda continuam vivos na mente e na vida de muitos. No Dia das Crianças; de São Cosmo e Damião; nas ladainhas, cantigas ou nos ofícios, Dona Biu será sempre lembrada por cada um de nós.

Quantos cristãos receberam as bênçãos de suas orações? Quantos são gratos a ela? Quantos conselhos foram dados? Quantos presentes distribuídos? Quantos romeiros seguiram ao seu lado?… Somos incapazes de enumerar. Mas temos a certeza de que suas ações e orações ajudaram milhares.

Se por um lado estamos tristes por não tê-la mais ao nosso lado, por não ver mais as suas tranças grisalhas, ladeadas ao rosto simples e tranquilo, por outro estamos felizes em saber que o céu está em festa. Suas orações serão somadas a de tantos outros fieis que partiram antes dela.

Ela finalmente encontrará Pe. Cicero Romão, padre Geraldo, Dom Hélder, além dos seus filhos que já partiram… Eles entoarão juntos os lamentos e os Benditos da romaria… Nesse momento, os anjos cantam a sua chegada à eternidade onde de lá continuará intercedendo com suas orações pelo povo de nossa querida Escada.

Dona Biu!… Estamos saudosos com tua partida, mas ao mesmo tempo felizes em saber que cumpriste aqui na terra a tua missão… E que missão!… Saiba que muitos de nós continuaremos seguindo os teus passos, lembrando tuas orações e professando a tua fé.

Que Deus nos abençoe a todos e todas. Que Deus dê conforto à família e a todos os seus filhos e filhas adotivos.

 

Anúncios